O que é hipersonia? Sintomas, causas, tipos e fatores de risco

O que é hipersonia? Sintomas, causas, tipos e fatores de risco

  • 17 de setembro de 2019
  • 211

Distúrbios do sono são perturbações que afetam a capacidade para adormecer, permanecer dormindo, ter comportamentos anômalos durante o sono ou permanecer acordado. Entre estes distúrbios está a hipersonia. Venha conhecer melhor este distúrbio. Aqui você confere o que é hipersonia, seus sintomas, causas e fatores de risco.

O que é Hipersonia?

A hipersonia é um distúrbio do sono que causa sonolência excessiva. Assim, uma pessoa que sofre com ela normalmente precisa dormir mais de 10 horas por dia. E mesmo que este tempo de sono seja de qualidade ou não, ela ainda apresenta sonolência diurna e necessita tirar alguns cochilos durante o dia.

Tipos

Existem dois tipos de hipersonia. Os dois são a hipersonia de sono prolongado e a sem sono prolongado. E ela pode ser idiopática e variar pela gravidade.

Hipersonia com sono prolongado

A hipersonia com sono prolongado é um tipo que causa um período de sono extremamente prolongado, chegando a passar de 24 horas.

Hipersonia sem sono prolongado

Já a hipersonia sem sono prolongado não causa um período de sono tão prolongado. No entanto, pessoas com este tipo de hipersonia acabam dormindo em média 10 horas por noite. E mesmo que este período de sono tenha sido de qualidade ou não, elas ainda necessitam de alguns cochilos ao longo do dia.

Hipersonia idiopática

A hipersonia do tipo idiopática é um distúrbio do sono extremamente raro. A palavra idiopático refere-se a não apresentação de uma causa aparente. Assim, mesmo que a pessoa tenha uma ótima qualidade de sono, ela ainda apresentará a necessidade de um período de sono prolongado e também sonolência diurna.

Pela gravidade

Além disso, o DSM-5 especifica três tipos de gravidade:

  • Leve: com duração de 1 a 14 dias;
  • Moderada: com duração de 2 a 4 semanas;
  • Grave: com duração de mais de 5 semanas.

técnica de relaxamento e calmante natural

Causas da Hipersonia

As causas da hipersonia podem estar ligadas à qualidade do sono. Normalmente nestes casos, mesmo que a pessoa durma por muitas horas, o sono não é reparador.

Nestes casos, normalmente existe algum agente externo ou outro distúrbio do sono acontecendo paralelamente como:

Assim também podem ser causadores deste distúrbio:

  • a obesidade;
  • o alcoolismo;
  • algum trauma na cabeça ou problemas neurológicos;
  • o uso constante de tranquilizantes;
  • algum problema genético.

Já as causas da hipersonia idiopática não são conhecidas.

Sintomas

Para que uma pessoa seja diagnosticada com estes distúrbio, normalmente ela precisa ser submetida a alguns exames laboratoriais. No entanto, os sintomas geralmente são o primeiro passo para o diagnóstico. Entre os sintomas apresentados por uma pessoa que sofre com este distúrbio estão:

 

  • Pegar no sono com muita facilidade e velocidade;
  • Necessidade de 10 ou mais horas de sono por dia;
  • Necessidade irresistível de tirar cochilos durante o dia;
  • Dificuldades de acordar;
  • Sonolência excessiva durante o dia;
  • Ataxia – descoordenação de algumas partes do corpo;
  • Confusão mental;
  • Falta de concentração e perda de memória;
  • Desorientação temporal-espacial;
  • Tontura.

 

Fatores de risco

Qualquer pessoa pode desenvolver a hipersonia. No entanto, existem alguns fatores que podem aumentar as chances de desenvolver este distúrbio do sono.

Os principais fatores de risco são:

Outros distúrbios do sono

Os distúrbios do sono costumam prejudicar a qualidade do sono. Desta forma, quem sofre com algum problema relacionado ao sono, como a apneia do sono e a narcolepsia, não consegue ter uma noite satisfatória, assim tem grandes chances de desenvolver este distúrbio.

Genética e histórico familiar

Se você tiver histórico de hipersonia na família, existe duas vezes mais risco de você desenvolver esse distúrbio.

Álcool

O consumo excessivo de álcool e de algumas substâncias sedativas podem prejudicar a qualidade do sono e causar sonolência diurna.

Problemas neurológicos

Um problema neurológico pode alterar a capacidade do cérebro para regular algumas funções, causando este distúrbio do sono.

chás calmantes para relaxar e dormir bem

A hipersonia, assim como todos os distúrbios do sono ou qualquer problema de saúde, deve ser diagnosticada e tratada. Assim, se você desconfia de estar passando por este problema, não deixe de procurar ajuda profissional o mais rápido possível, para evitar maiores riscos para sua saúde.

Share this Post