O que é ronco? Causas, sintomas e fatores de risco

O que é ronco? Causas, sintomas e fatores de risco

  • 27 de agosto de 2019
  • 199

O ronco é um distúrbio do sono comum. Ele perturba o sono de quem compartilha o quarto com a pessoa que ronca e prejudica muito a qualidade do sono, mesmo que você não perceba. Então, aqui você vai descobrir o que é o ronco, seus sintomas, causas e fatores de risco.

O que é Ronco?

O ronco é um sintoma audível de uma obstrução parcial das vias respiratórias superiores durante o sono. Desta forma, dificulta a passagem do ar e provoca a vibração dessas estruturas, ocasionando o ruído característico.

Ele que pode ser considerado normal quando acontece de forma esporádica, principalmente quando a pessoa dorme de barriga para cima. Isto acontece porque enquanto estamos nesta posição, a musculatura da garganta fica frouxa e a língua caia um pouco para trás, o que é perfeitamente normal. No entanto, quando ocorrem grandes vibrações e ruídos intensos, o ronco é considerado patológico.

O ronco é o principal sintoma da apneia do sono. A principal consequência é a dessaturação da oxigenação do sangue. E isto acontece exatamente devido ao relaxamento dos músculos da garganta durante o sono, fazendo com que as vias respiratórias se fechem, o que interfere e impede a respiração adequada.

A redução de oxigênio pode elevar o ritmo dos batimentos cardíacos e estimular a contração dos vasos sanguíneos, o que se torna um fator de risco para pressão alta e arritmia cardíaca. Por este motivo, o ronco patológico precisa de tratamento.

Fatores de Risco

Apesar do ronco poder ser considerado normal até certo ponto, ele pode evoluir para uma condição patológica. Contudo existem alguns fatores que tornam as pessoas mais propensas a desenvolver este transtorno do sono. Entre eles estão:

    • A circunferência (pescoço largo) e comprimento (curto) do pescoço

 

  • Obesidade
  • Idade
  • Sedentarismo
  • A ingestão de bebidas alcoólicas
  • O uso de calmantes
  • Dormir deitado de costas
  • Má alimentação (excesso) antes de dormir
  • Refluxo gastroesofágico
  • Tabagismo

 

Causas

As causas mais frequentes do ronco são:

  • A flacidez nos músculos da garganta
  • Amigdalite
  • Adenoides aumentadas
  • Desvio de septo
  • Pólipos no nariz
  • Sinusite
  • Obstrução das vias aéreas
  • Obesidade

Sintomas do ronco

O sintoma mais recorrente é o ruído característico do ronco, que pode ser percebido pela própria pessoa ou por um companheiro de quarto. Além disso, por o ronco se tratar normalmente de um sintoma da apneia do sono, a pessoa pode apresentar também:

  • Despertares noturnos
  • Sonolência excessiva durante o dia – hipersonia
  • Insônia
  • Despertares com falta de ar
  • Boca seca ao despertar
  • Dor de cabeça ao despertar
  • Problemas de memória e concentração
  • Variação de humor e irritabilidade

Imagem

Share this Post